Cicas

Cicas

Irrigação da cicasdsa


A planta cicas não precisa de atenção especial, pois é uma planta bastante resistente. Só é preciso ter cuidado para manter o solo constantemente úmido, especialmente se a planta estiver no solo. Portanto, será necessário regar com bastante frequência, evitando, no entanto, criar estagnação da água, causada por depressões ao redor do tronco que podem criar podridões nas raízes e na gola. Se, por outro lado, a planta cresce em vasos, a irrigação deve ser realizada levando em consideração a exposição. Neste caso, é suficiente avaliar o estado do solo, indo fisicamente verificar o grau de umidade com um dedo. Além disso, mesmo no cultivo em vasos, a recomendação fundamental é evitar a estagnação, mantendo um certo equilíbrio no suprimento de água. Para este fim, também é aconselhável preparar um fundo com uma camada de drenagem composta por fragmentos, cascalho ou argila expandida. Para concluir, é aconselhável não usar o pires.

O cultivo de cicas



As cicas do ponto de vista do solo não são muito exigentes e são capazes de se adaptar a todos os tipos de solos. A condição ideal, no entanto, é um solo composto por uma mistura de argila, bosque e areia. Seja o cultivo em campo aberto ou em vaso, é aconselhável criar a camada de drenagem. Estas são plantas que crescem lentamente. Esta situação é ainda mais acentuada se o cultivo ocorrer em um vaso. Recomenda-se realizar o repotting a cada três anos, escolhendo um vaso um pouco maior que o anterior, mas sem exagerar, para estimular a planta a produzir novas folhas, evitando que as raízes se expandam demais. Do ponto de vista climático, as cicas são capazes de se adaptar a praticamente todos os climas, de -10 ° C a 40 ° C. No entanto, no caso de áreas com invernos extremamente frios, é aconselhável reparar a planta em ambientes fechados durante períodos mais frios. Em áreas mais quentes, pelo contrário, sugere-se evitar a exposição da planta a radiação solar excessiva e direta.

A fertilização de cicas



O cicas é uma planta de crescimento muito lento e, por esse motivo, não precisa de fertilização excessiva. Se a planta estiver em campo aberto, é aconselhável adubar no início da primavera, usando um produto orgânico, a ser fornecido depois de limpar levemente o solo ao redor do tronco. Para vasos de plantas, por outro lado, as intervenções geralmente são realizadas a cada 2 meses. Utilizamos produtos líquidos balanceados com macro e microelementos. No caso de as folhas parecerem verde pálidas, essa situação pode estar relacionada à falta de ferro. Nesse caso, é possível intervir preventivamente incorporando sulfato de ferro no solo. Se o problema persistir, produtos à base de quelato de ferro podem ser administrados por irrigação ou por fertilização foliar. Recomenda-se que essas intervenções sejam realizadas à noite ou de manhã cedo, pois a luz e o calor causariam uma rápida depleção do produto, comprometendo sua eficácia.

Cicas: Doenças e tratamentos



O desenvolvimento lento e o aspecto exótico das cicas permitem acreditar que é uma planta delicada e sujeita a ataques de insetos e parasitas. Pelo contrário, é uma planta muito resistente. Muitas vezes, no entanto, pode acontecer que as folhas da planta fiquem amarelas. Esta situação é causada por um suprimento incorreto e insuficiente de nutrientes. Para resolver o problema, portanto, é suficiente fertilizar a planta. Em outros casos, as manchas nas folhas são causadas por pragas, como insetos escamados. No caso de um ataque deste inseto, é possível verificar a sua presença nas folhas a olho nu. Para resolver esse problema, basta pulverizar a planta com óleo branco e ativá-la com um produto inseticida à base de piretro. Se o ataque desses parasitas for pequeno, você poderá eliminá-los com um cotonete embebido em álcool. Cochonilha cresce em plantas cultivadas em condições de secura excessiva e falta de ventilação. Finalmente, as folhas podem ficar manchadas devido à administração excessiva de água.