Faça a horta

Faça a horta

As razões que levam ao cultivo do jardim


Fazer a horta, além de dar satisfação, é uma maneira de tornar a sociedade mais sustentável, é uma maneira de entender a natureza com seus ritmos e o que comemos. Fazer a horta significa cuidar de algo, vê-lo crescer, ser responsável e consciente disso. Também é benéfico para os idosos e as crianças, vamos ajudá-los a se sentirem úteis, respeitarem a natureza, entenderem o que comem e como é importante saber de onde vem e como é produzido o alimento. Para as crianças que moram na cidade, será uma bela descoberta ver que nas pequenas sementes nasce um broto, que se torna uma muda e depois dá um fruto. Para permitir essa experiência, tentamos espalhar a cultura da jardinagem também na cidade, no terraço da casa, no jardim, não importa onde, o importante é fazê-lo.

Como cultivar uma horta na varanda ou terraço



Mesmo quem mora em um condomínio pode fazer uma horta, basta uma varanda ou terraço, estar equipado com vasos grandes e algumas ferramentas. O mais importante é a exposição ao sol. Na primavera, você começa a cultivar plantas aromáticas, frutas e alguns vegetais. No outono, no entanto, o repolho deve ser semeado e depois os feijões e ervilhas. Dada a pequena quantidade de espaço disponível, para cultivar a horta, é necessário aproveitá-la ao máximo, talvez usando paletes altas ou escadas velhas, sobre as quais colocar os vasos, por exemplo os de ervas aromáticas. Arranje um solo leve, ácido e rico em minerais. Coloque as sementes no solo, não muito próximas, regue regularmente ao pôr do sol, sem exagerar.

Transformamos o jardim em uma exuberante horta



Quando você decide cultivar o jardim, precisa colocar um orçamento que, se você se deixar levar, os legumes terão uma vantagem, é muito emocionante comer o que você cultiva! Não há vegetais a preferir, mas em geral os mais cultivados são trepadeiras, como: perino ou salada de tomate, beringela, pimentão, ervilha, feijão e feijão verde. Depois, as saladas e os vegetais que amadurecem sob o solo, cebola, cebolinha, alho e cenoura. Finalmente, dedique um canto do jardim da casa, aos aromas e frutos. Trabalhe bem a trama e divida-a em fileiras, com pelo menos 30/40 cm de distância, entre as mudas restantes 15/20, para fazê-las crescer bem. Lembre-se de pegar alguns bastões para apoiar as videiras. Fertilizado em horários fixos e úmidos à noite.

Fazendo a horta: como e por que escolher uma horta sinérgica



O Jardim Sinérgico é um método desenvolvido pelo agricultor espanhol Hemila Hazelip, seguindo a Permacultura, que apóia o cultivo perene. A teoria é simples: as plantas, em seu ciclo reprodutivo, criam tudo o que precisam no solo, sem a necessidade de lavra, fertilizantes e fertilizantes. A horta sinérgica faz com que plantas perenes coexistam com plantas sazonais; a mesma planta está no jardim em diferentes estágios; por exemplo, murcha e decomposta, servirá para nutrir uma que está prestes a florescer. A horta sinérgica é coberta apenas com material natural, o que estimula a aut fertilização. A sinergia está justamente em considerar todos os organismos do solo úteis para o cultivo do jardim. Para ter uma boa sinergia, é essencial a presença de algumas plantas: uma leguminosa, um liliacea e um vegetal comum.